2 Agosto, 2018

As Fake News estão em busca de patrocinadores

Marcos Christensen Marcos Christensen
VP Sales South Cone

Durante a Copa do Mundo, após a partida da Argentina contra a Nigéria, além de diversos memes, recebemos também notícias importantes: um áudio sobre a suposta morte de um ídolo dos argentinos, Diego Maradona.

Muitas pessoas ajudaram a replicar essa mensagem com a preocupação de que ela pudesse ser real, algumas com tristeza, outras chocadas, outras apenas com a intenção de propagar a informação.

O audio não só chegou à Argentina e ao Brasil, mas foi disseminado em toda América Latina, incluindo México, Chile e Colômbia.

Se tivéssemos que calcular o alcance dessa mensagem, qual seria?

Direta ou indiretamente, a mensagem provavelmente foi recebida por toda a população que possui um smartphone.

Em questão de horas, a mensagem estava na boca de centenas de milhares de latino-americanos.  Para a inveja de qualquer campanha publicitária.

Independentemente do assunto, é claro, qualquer anunciante procuraria por esse resultado. Seria considerada uma campanha bem-sucedida.

Agora, imagine esse áudio com um "patrocinado por ..." Quais resultados teriam sido obtidos?

Mas a que custo? Uma mentira! Um resultado desatroso para a marca.

Nenhum anunciante teria sido favorável ao envio de uma mensagem com essas características pelo simples fato de ter alcance às custas de uma mensagem falsa.

No entanto, quando falamos de campanhas publicitárias, há casos que são avaliados apenas em termos de alcance, sem considerar o contexto ao qual os anúncios estão associados.

É diante desse cenário que notícias falsas e conteúdos de baixa qualidade se fazem presentes.

Como elas sobrevivem? Como eles são financiados?

Tudo acontece através daqueles que querem espalhar uma mensagem falsa ou de anunciantes despreparados que, sem saber, acabam financiando domínios, sites e mídias de origem questionável e conteúdo de baixa qualidade (isso quando não são ilegais). O objetivo? Alcance.

Claro, nunca é tão óbvio quanto esse áudio. Mas há centenas de milhares de casos semelhantes que podem ser encontrados todos os dias. E isso se traduz em investimento publicitário lançado ao espaço.

Os anunciantes têm metas para atingir, e para isso é importante posicionar a marca e gerar consideração de compra através do alcance de sua mensagem. Entretanto, é sempre importante ter cuidado com relação aos contextos em que os anúncios serão inseridos para evitar situações prejudiciais à marca e garantir a compra de inventários relevantes e de qualidade, com conteúdos produzidos por editores profissionais.

Não apenas para (principalmente) cuidar de sua marca, seu investimento em publicidade e atingir um ROI elevado,  mas também para evitar o financiamento dessas práticas que prejudicam o ecossistema de mídia digital como um todo.

A comScore ajuda milhares de anunciantes e agências a evitarem que os resultados de suas campanhas sejam prejudicados por meio da verificação da entrega das campanhas, tanto com relação à análise da audiência quanto da qualidade do inventário de publicidade.

Se quiser saber mais sobre como a comScore pode ajudar você a analisar seu público-alvo e melhorar a eficácia das suas campanhas, entre em contato.

Produtos Relacionados

    vCE 2.0

    validated Campaign Essentials™ (vCE) é uma solução para validar a entrega de anúncios e audiência que provê Informação em tempo real para melhorar os resultados...
    Saiba mais