- 22 Fevereiro, 2021

O mercado de OTT Video Content no Brasil

Uma análise sobre a evolução, demografia e comportamento do mercado de OTT Video Content no Brasil

Nara Campos
Nara Campos
Senior Analyst, Syndicated Client Insights

Introdução

Neste blogpost, você irá encontrar informações sobre a evolução dos principais players de OTT Video Content no Brasil, sejam eles AVOD, SVOD ou TVOD. Será apresentado um comparativo de tempo gasto por usuários em 1 ou mais plataformas durante todo o ano de 2020, dados demográficos e frases atitudinais de quem utiliza o serviço, além de uma visão geral de engajamento nas redes sociais.

Utilizando dados multiplataforma, métricas de engajamento de redes sociais e frases atitudinais, este estudo fornece insights para a indústria de audiovisual, publicidade e de entretenimento.

Antes de iniciarmos o estudo é importante salientar que embora o YouTube seja considerado um player de OTT, não estamos incluindo neste estudo já que por ter uma cobertura alta dentro do universo de internautas brasileiros (96%) e com uma média de minutos por usuário no mês de quase ~15 minutos no mês, nos impossibilitaria de ter uma visão dos demais players que tem uma penetração inferior e sua evolução ao longo do tempo.

OTT já alcança 56% da população digital no Brasil 

Os serviços de OTT já alcançam mais da metade da população digital brasileira. Durante o ano de 2020, o maior alcance registrado foi de 60% em Março, seguido também por alcances altos nos dois meses subsequentes, muito provavelmente como reflexo do início da quarentena na pandemia.

A tendência sinaliza como o consumo desde tipo de conteúdo junto aos players ainda é volátil, já que vemos queda em alguns meses e crescimento em outros, o que nos sugere que, ou os usuários cancelam o serviço, ou simplesmente não acessam em determinados períodos.

A fragmentação do mercado

Um fenômeno que já se nota, em consequência da popularidade de sua oferta de conteúdo, é a fragmentação de diversos novos canais de OTT Video Content. Um comparativo de Dezembro 2020 com Janeiro de 2020, nota-se um crescimento de 26% dos players de mercado.

1 em cada 5 usuários já utilizam 2 ou mais plataformas de OTT Video Content. O gráfico abaixo também mostra uma volatilidade de pessoas adotando 2 ou mais serviços de streaming. Um dos motivos pode ser a falta de fidelização do conteúdo. Ou apenas que usuários “assinam” um segundo ou terceiro serviço, de acordo com o conteúdo oferecido naquele momento.

Nota-se também uma tendência de crescimento na adoção de 2 ou mais serviços. No comparativo de Dezembro 2020 versus Janeiro 2020 ele cresceu 16%.

O acréscimo, em minutos, dos usuários de 2 ou mais plataformas chega a ser 37% maior

Os usuários de 2 ou mais plataformas de streaming chegam a gastar 37% mais tempo (em minutos) do que os usuários de somente 1 plataforma. Interessante notar como à partir do mês de Julho 2020 esse percentual chegou a patamares acima de 45% e em Novembro 2020 chegou ao pico em 47%. Em Dezembro  de cada ano, como é um mês tradicional de férias e viagens, historicamente esse consumo acaba caindo. 

E quem são os usuários das plataformas de OTT? 

O perfil dos usuários de OTT se destaca um pouco mais entre as mulheres (53%), mas vale dizer que não há uma predominância entre as faixas etárias. Entre os entrevistados 45% concordam/concordam muito que “os serviços de streaming online mudaram a maneira como vejo televisão” e um percentual ainda maior (55%) concordam/concordam muito com a afirmação “por causa do streaming de tv online, agora assisto mais televisão do que antes”.  

Overview OTT nas redes sociais 

As principais plataformas de OTT nas redes sociais geraram mais de 58 milhões de ações no último trimestre de 2020, e esse resultado é 23% maior do que o primeiro trimestre de 2020.

Top Influenciadores 

Entre os influenciadores/produtores de conteúdo que melhor performaram em volume de ações com posts que continham palavras relacionadas aos principais players de OTT, está o de Whinderson Nunes (1.4 milhão de ações) divulgando seu show para Netflix e, em segundo e terceiro lugar, Alok divulgando sua live para Globoplay (1.1 milhão de ações).

Top Content

A Netflix foi quem teve o post com maior volume de engajamento entre todos os players durante 2020, com o post sobre a série “La Casa de Papel”, com mais de 1 milhão de ações, considerando as plataformas: Facebook, Twitter e Instagram.

More About

Engagement Facebook OTT