- 23 Setembro, 2014

Sobre o Uso da Internet no Brasil: O enorme Impacto da Copa do Mundo de 2014

O mundo estava claramente focado no Brasil durante a Copa do Mundo FIFA 2014, um dos eventos esportivos mais assistidos em todo o mundo, desta vez visitou o país do "futebol". Com a quinta maior população digital do mundo, com 71 milhões de visitantes únicos por mês, o Brasil demonstrou seu profundo interesse neste evento através do comportamento online dos seus cidadãos.

O total de visitantes brasileiros na categoria de Esportes cresceu 15% de Maio de 2014 para Junho de 2014, um crescimento bastante significativo. Brasileiros também passaram 10% mais tempo navegando em conteúdos esportivos e visitaram sites de Esportes 10% mais frequentemente do que no mês anterior. Em termos de consumo de vídeos, brasileiros assistiram 21% mais vídeos de conteúdo esportivo e passaram 53.7 minutos por espectador consumindo vídeos, um crescimento de 39%.

O Interesse pela Copa do Mundo impulsionou o Salto entre as Top Propriedades de Esporte no Brasil
A Copa do Mundo ajudou a impulsionar um aumento substancial no número de visitantes da maioria das propriedades esportivas no Brasil. Na ilustração abaixo estão as  Top 10 propriedades esportivas em relação a visitantes únicos e, todos os sites, exceto um, tiveram um ganho no número de visitantes em relação ao mês anterior. O líder da categoria,  Globo Esportes, obteve um ganho de 16 % em acessos via PC e Laptop, e também gerou um ganho de 34% nos acessos mobile. UOL Esporte, que ficou em segundo, cresceu 30% em relação ao mês anterior, enquanto FIFA.com ficou em terceiro lugar com uma taxa de crescimento impressionante, 136%.

 

O Site da FIFA.com vê um enorme crescimento em uso durante a Copa do Mundo 2014
Embora talvez não seja um fato surpreendente, FIFA.com foi um dos principais beneficiários em aumento de tráfego durante a Copa do Mundo, há também uma variedade de fatos interessantes sobre como os brasileiros acessaram o site durante o torneio. Aqui estão cinco idéias interessantes sobre FIFA.COM durante os últimos meses:

  1. O total de visitantes únicos brasileiros atingiu a marca de 49 milhões, um crescimento de 136% de Maio para Junho de 2014. Esses ganhos foram impulsionados em grande parte pela busca de ingressos para os jogos - a seção do site que teve o maior número de visitantes.
  2. Brasileiros também passaram 7 vezes mais tempo navegando no site da FIFA.com em relação ao mês anterior, consumindo 267 milhões de Páginas Vistas, 6 vezes mais do que o volume consumido em Maio de 2014.
  3. Entre as 5 principais regiões, a Ásia do Sul teve o maior crescimento em visitantes de Maio para Junho, com 858%!
  4. No Brasil, Sudeste e Nordeste foram responsáveis por 70% do total da audiência de FIFA.com
  5. Brasileiros passaram o maior tempo gasto no site da FIFA.com em Junho com mais de 180 milhões de minutos, 3 vezes mais do que os Estados Unidos, que ocupa o segundo lugar com 60 milhões de minutos.

Como o Comportamento Online foi Alterado Durante os Dias de Jogos
Brasileiros tiveram diferentes padrões de comportamente online nos dias de jogos em relação a atividades online em dias comuns, com o uso de redes sociais sendo bastante revelador. No geral, o uso de redes sociais tendeu a ser mais baixo durante os dias de jogos – provavelmente porque os brasileiros estavam em outros eventos sociais relacionandos aos jogos. Na ilustração abaixo, vemos que o uso de redes sociais durante o dia 12 de Junho (primeiro dia de jogo) foi mais baixo do que no dia 5 de Junho (antes da Copa do Mundo) em quase todas as horas do dia, mas especialmente durante as horas que antecederam e durante o jogo.

A Copa do Mundo teve um impacto similar no mercado de publicidade digital ao que teve no uso de redes sosicias. Por existirem muitas pessoas offline durante os dias de jogo, tivemos uma queda significativa no volume total de impressões display durante esses dias, especialmente durante 3pm e 10pm. Isso significou uma perda nas oportunidades de marketing para os anunciantes online durante os dias de jogo, embora com tantos fãs grudados na TV, houve, naturalmente, algumas grandes oportunidades de publicidade em diferentes canais.

Enquanto a próxima Copa do Mundo não será no Brasil, podemos esperar que os usuários de internet brasileiros - dado o seu amor ao futebol - estarão similarmente envolvidos no universo online. Marcas e veículos têm tempo suficiente para otimizarem seus planos para aproveitar o fato de que a mídia digital está ganhando mais e mais espaço através dos oceanos, tendo em mente que há certos momentos durante o torneio em que a quantidade de pessoas assistindo aos jogos é muito alta para que a mídia digital consiga competirr.  Os números da Copa do Mundo de 2014 não mentem.